Acupuntura no alívio dos efeitos colaterais da quimioterapia

Técnica proporciona melhor qualidade de vida aos pacientes com câncer No Ocidente, os tratamentos convencionais tradicionais para o câncer, prescritos por um oncologista, geralmente consistem em tratamento medicamentoso, quimioterápico, radiação e cirurgia. As terapias complementares vêm ganhando cada dia mais força como coadjuvantes nos tratamentos da medicina convencional. A acupuntura não cura o câncer, mas pode ajudar como terapia auxiliar no tratamento de sintomas da doença e dos efeitos colaterais da quimioterapia. Se o paciente associar acupuntura ao tratamento convencional, será muito beneficiado pois auxilia na diminuição da dor, inibindo sintomas como náuseas e vômitos e outros sintomas. A técnica combate a dor miofacial, melhorando a qualidade de vida do paciente. Atua reduzindo ou eliminando a insônia, ansiedade, vômitos,fadiga e depressão, além de dores articulares e falta de apetite. Recentemente, o National Institute of Health (Instituto Nacional de Saúde), dos Estados Unidos, recomendou o uso da acupuntura como terapia útil para aliviar diversos males do câncer. A técnica tem sido usada há mais de dez anos no Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Rio de Janeiro. É uma das alternativas da clínica de dor do hospital, já que 60% dos pacientes com câncer estão sujeitos a sentir dores. Dentro da concepção chinesa, as doenças são uma manifestação de desequilíbrio do organismo e a medicina tradicional chinesa, através da acupuntura, é uma forma de readquirir a harmonia perdida na doença

Related Posts

Os benefícios da acupuntura na gravidez
Pilates x Escoliose
Quais os benéficos da acupuntura?

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *