Fibromialgia – Movimente-se

Pesquisas da Divisão de Medicina de Reabilitação (DMR) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP revelam que mulheres portadoras de fibromialgia submetidas a um programa de condicionamento físico vivem bem melhor. Embora haja um aumento da dor no período inicial, todas as pacientes estudadas confirmaram benefícios posteriores. A pesquisa serviu para padronizar um protocolo de treino com determinações de freqüência, intensidade e duração das atividades. Os exercícios utilizados são predominantemente aeróbios, cuja intensidade é determinada pelo teste de esforço cardiopulmonar.

O estudo ainda recomenda a utilização de medicamentos associado à acupuntura e psicoterapia no período inicial de exercícios monitorados. Desta maneira, o paciente pode suportar a dor decorrente do esforço físico e perseverar no programa.

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *