Ombro congelado e fisioterapia

O “ombro congelado” começa com uma inflamação do ombro,ou seja, uma bursite .À medida que a doença avança o ombro diminui os movimentos, pois a cápsula da articulação diminui de tamanho (capsulite) apertando o osso nela contido.

Os pacientes progridem de uma fase de rigidez matinal, acompanhada de dor e perda progressiva do movimento do ombro para uma fase de “descongelamento” com diminuição do desconforto associado a uma melhora lenta da movimentação da articulação.

Geralmente o processo leva de 6 meses a 2 anos ou mais para recuperar a lesão, nesse período a maioria dos pacientes sofre de dor leve porém constante e déficit de funcionalidade do braço.

Os movimentos mais difíceis de serem realizados pelos pacientes são, geralmente, erguer o braço acima da cabeça ou coçar as costas, as mulheres relatam muita dificuldade de abrir e fechar o sutiã.

Indica-se a fisioterapia como tratamento, realizando inicialmente procedimentos para alívio de dor, e logo em seguida exercícios  e mobilizações para ganho de amplitude articular.

1 Comment. Leave new

pra mim foi d muito valia pois estou com essa doença ate intao desconçia obgda pela informaçao,,,,,

Responder

Deixe uma resposta para antonia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *